06/10/2020 às 07h46min - Atualizada em 06/10/2020 às 07h46min

Espírito Santo é um estado com grande potencial em desenvolvimento

O Ministro Tarcísio Gomes de Freitas iniciou sua agenda pelo Terminal Portuário de Vila Velha

- Milan Salviato
Gabinete Deputado Federal Evair de Melo
O Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas elogiou a atuação da bancada parlamentar do estado na Câmara. Foto: Assessoria Parlamentar
“O Espírito Santo só tende a ganhar com os projetos que estão em desenvolvimento no estado”. A afirmação veio do Ministro de Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, que visitou o estado nesta segunda-feira, 5.

O deputado federal e vice-líder do governo na Câmara Evair de Melo estava junto a comitiva do Ministro.

A comitiva passou por três locais para realizar a vistoria e acompanhar o desenvolvimento das obras.

O primeiro local foi o Terminal Portuário de Vila Velha (TVV), onde participaram da inauguração do Cais de Atalaia, após a agenda no terminal portuário os parlamentares juntamente ao Ministro seguiram para a Rodovia 447 que está em obras, a via vai ligar a BR-101 com a BR-262 à rodovia Leste-Oeste.

Por último, visitaram as obras do Contorno do Mestre Álvaro que tem como objetivo desafogar o trânsito na BR-101. Importante ressaltar que as obras do Contorno foram possíveis graças a articulação da bancada capixaba junto ao Ministério da Infraestrutura.

O Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas elogiou a atuação da bancada parlamentar do estado na Câmara, destacando ser uma das mais diligentes, mais profissionais, mais atuantes do Brasil. “É impressionante como a bancada do Espírito Santo participa das articulações políticas e é responsável. Ressalto que se as obras que estavam paradas tiveram enfim uma retomada, não foi um trabalho sozinho do ministério, mas sim do parlamento que lutou para que isso fosse possível. O que a bancada do Espírito Santo tem feito deveria ser replicada para as outras”, disse Tarcísio.

O deputado federal e vice-líder do governo na Câmara Evair de Melo ressaltou a importância da visita do Ministro ao estado. “Ter o Ministro Tarcísio em nosso estado, visitando as obras e inaugurando o Cais de Atalaia teve um grande significado para todos os capixabas. Demonstrou o cuidado e zelo que o governo Bolsonaro possui com todos. Essas obras são prioridades do nosso mandato. O novo Cais trará mais investimentos para o Espírito Santo, assim como a rodovia 447 e o tão sonhado Contorno do Mestre Álvaro, que vão desafogar o intenso fluxo de veículos pesados em seus respectivos municípios, levando mais segurança, um melhor atendimento e diminuindo o tempo de viagem. Me orgulho em fazer parte da bancada federal e ver esses grandes projetos, enfim, saindo do papel e se tornando realidade.

Continuarei trabalhando para que ações como essas sejam cada vez mais comuns e que possamos ter um país mais dinâmico e mais desenvolvido, dar dignidade à nossa população”, declarou o parlamentar.

O TVV possui uma área de 108 mil m2 e capacidade nominal anual de movimentação de 350 mil TEUs. O cais de atracação possui 450 metros de extensão, com 2 berços (203 e 204).

O terminal também oferece uma área de armazenagem bastante ampla e bem estruturada, o que permite planejar com mais segurança e eficácia a movimentação das cargas e possui área destinada para produtos alimentícios e de saúde não refrigerados.

Terminal de Capuaba - Porto público, administrado pela Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa). Opera 24 horas. Tipos de carga: cereais e cargas em geral. Outros serviços: Dolphins – manutenção em navios. Retroárea: 12.800 metros quadrados. Comprimento dos berços: 396 metros. Calado: 10,67 metros. Capacidade: um navio tipo Panamax.

Terminal de Granéis Líquidos - Porto público, administrado pela Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), localizado em São Torquato. Comprimento dos berços: 162 metros. Tipos de carga: diesel, gás, álcool. Calado: 8,23 metros. Pátio: 28 mil metros quadrados. Tanques de combustível: 50.000 metros cúbicos. Capacidade de bombeamento: 500 metros cúbicos por hora.

Companhia Portuária de Vila Velha (CPVV) - Terminal privado destinado aos serviços de apoio off-shore à indústria de petróleo. Dispõe de equipamentos para abastecimento de água potável e óleo diesel, armazenagem em áreas alfandegadas, gestão de resíduos com equipamentos e aterros licenciados por órgãos ambientais. Opera 24 horas. Comprimento dos berços: 285 metros. Tipos de carga: granéis líquidos, granéis sólidos, contêineres, cestas, tubos, peças e materiais diversos para o setor petrolífero. Capacidade: quatro embarcações tipo Suppy Boat. Calado: 9,15 metros. Retroárea: 55 mil metros quadrados.
Terminal Portuário Peiu (TPP) - Terminal privado operado pela empresa Peiu, localizada no Cais de Paul. Serve de base de apoio para atividade petrolífera e dispõe de acesso ferroviário, área de armazenagem alfandegada, taques para material líquido e granel, serviços de coleta, transporte e destinação de resíduos licenciados por órgãos ambientais, além de área para instalação de tubos. Opera 24 horas. Comprimento: 260 metros. Calado com flutuante: 9,75 metros. Retroárea: 52 mil metros quadrados. Área para armazenamento: 40 mil metros quadrados.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

45.1%
24.2%
30.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...