06/11/2020 às 06h42min - Atualizada em 06/11/2020 às 06h42min

Mulheres pré-históricas também caçavam, revela novo estudo arqueológico

Descoberta arqueológica põe em cheque a ideia de que o 'lugar da mulher' em casa vem desde os primórdios da humanidade

Ciência Exata
Sítio de escavações em Wilamaya Patjxa, no Peru, onde pesquisadores encontraram os restos mortais de uma mulher, enterrada há quase 9.000 anos ao lado de suas armas de caça Foto: Divulgação Científica

A descoberta dos restos mortais de uma jovem, enterrada há quase 9.000 anos nos Andes peruanos junto com suas armas, mostra que as mulheres da época participavam da caça — até mesmo de presas grandes —, concluiu um estudo publicado esta semana, que questiona a ideia consagrada de que se tratava de uma tarefa reservada aos homens.

As conclusões publicadas pela revista Sciences Advances se baseiam na análise de uma equipe liderada por Randall Haas, cientista da Universidade da Califórnia-Davis. Após ter estudado vários túmulos, ele estima que entre 30% e 50% dos caçadores no continente americano naquela época seriam mulheres.

A base deste estudo e suas conclusões inovadoras são os esqueletos de seis pessoas, incluindo dois caçadores, desenterrados em 2018 por Haas, sua equipe e membros da comunidade Mulla Fasiri, em Wilamaya Patjxa, no distrito peruano de Puno, importante sítio arqueológico da Cordilheira dos Andes.

A análise dos ossos e dentes permitiu a identificação de uma mulher com entre 17 e 19 anos, batizada WMP6, e de um homem com entre 25 e 30 anos. As descobertas neste local foram especialmente interessantes, disse Haas à AFP. Junto ao esqueleto da mulher, os cientistas descobriram pontas afiadas, pequenas lanças, uma faca, pedras talhadas e outros objetos usados para desmembrar animais e esvaziar suas vísceras.

Tudo isso estava dentro de algo que acabou se desintegrando, provavelmente uma mochila de couro. "Isso nos mostra que as ideias pré-concebidas eram imprecisas, pelo menos para parte da pré-história humana", disse Randall Haas, referindo-se à crença de que, na época, as mulheres coletavam, e os homens caçavam.

 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%