05/02/2021 às 16h08min - Atualizada em 05/02/2021 às 16h08min

Abertas as inscrições para concurso da PF com salários de até R$ 23 mil

Os candidatos farão prova objetiva, discursiva, exame de aptidão física, avaliação médica e psicológica

Conjur Concursos
A Polícia Federal exerce as funções de Polícia Marítima, aérea e de fronteiras e, com exclusividade, de polícia judiciária de União. Foto: Ilustração.

Estão abertas as inscrições para o concurso da Polícia Federal. É o segundo maior concurso da história da Instituição e o número de vagas corresponde à soma das últimas três seleções realizadas pela PF. 

Ao todo são 1.500 vagas, distribuídas entre os cargos de Delegado, Agente, Escrivão e Papiloscopista, sendo todas destinadas ao provimento imediato e mais 500 vagas excedentes. Ao final do processo, a Polícia Federal contará com o maior efetivo da sua história, podendo ultrapassar a marca de 12 mil policiais.

Os candidatos a todos os cargos deverão fazer, além da prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física, avaliação médica e psicológica. Aqueles interessados em concorrer a uma vaga de Delegado de Polícia Federal deverão fazer também prova oral e avaliação de títulos. 

Já os candidatos ao cargo de Escrivão passarão por uma prova prática de digitação. As provas objetivas estão marcadas para o dia 21 de março e a previsão é que os candidatos aprovados participem do Curso de Formação Profissional na Academia Nacional de Polícia no segundo semestre de 2021.

No edital de abertura foram divulgadas as datas, requisitos para concorrer a uma das 1500 vagas, além dos conteúdos programáticos.
Além disso, cabe à PF apurar infrações penais em detrimento da ordem política e social ou de bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades autárquicas e empresas públicas, assim como outras infrações cuja a prática tenha repercussão interestadual ou internacional e exija repressão uniforme, segundo se dispuser em Lei, assim como prevenir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o contrabando e o descaminho, sem prejuízo da ação fazendária e de outros órgãos públicos nas respectivas áreas de competência.

CARGO 1: DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de três anos de atividade jurídica ou policial.

ATRIBUIÇÕES: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

REMUNERAÇÃO: R$ 23.692,74.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

CARGO 2: AGENTE DE POLÍCIA FEDERA

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

ATRIBUIÇÕES: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

REMUNERAÇÃO: R$ 12.522,50.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

CARGO 3: ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

45.4%
24.3%
30.3%