24/03/2021 às 15h03min - Atualizada em 24/03/2021 às 15h03min

Sentado ao meu lado, filho da madame só pensava em dar pauladas nos passarinhos

Eu aguardava os passarinhos fazerem poses

- Peter Falcão
Pauta Livre Assessoria
"Filho senta ali perto daquele homem. Ele fotografa passarinhos".

Neste um ano de pandemia o que mais faço é fotografar pássaros. Comecei das janelas, agora migrei para a praça Nilze Mendes, aqui em Jardim Camburi. 

E, sentadinho em minha cadeira, presencio cenas hilárias. Tem galera que joga bola no domingo, às 7h30. A meta é "perder peso'. Mas após a pelada fica ali, com seus diálogos deliciosos. 

Dia destes, cara observou, com olhar de superioridade, o pior da pelada e soltou o torpedo: 

"Já fui assim, igual a você. Nem andava em quadra. Seu problema é a cerveja. Ela é quem te mata". 

Eu, cervejeiro, ri discretamente. E pensei: "Ainda bem que minha carreira no futebol encerrou durante a Copa A Gazetinha, aos 14 anos". 

Os caras se organizam para beber no depósito do meu amigo Gustavo, ex-jogador da Desportiva.  

Mas, um sujeito educado alerta. "Gente, vamos esperar abrir.  Ficar lá, sentados na mureta, com as portas fechadas, está pegando mal. Estamos parecendo um bando de bebuns". 

Geralmente aos domingos meu fígado está meio estragado, mas dou tantas gargalhadas que ele melhora rapidinho. 

Dia destes, madame se exercitava comandada pelo personal bonitão. Sentadinho ali, eu aguardava os passarinhos fazerem poses. Um ano inteiro, afinal, levei tentando alguma intimidade. 

Filho da madame, pirracento, enchia o saco dela e do personal. 

Ela me fitou e com olhos de Monalisa sugeriu: "Filho senta ali perto daquele homem. Ele fotografa passarinhos". 

Eu pensei: "Fudeu". 

O moleque cumpriu ordem. Minutos depois pousou casal de cardeal.  O "simpático" foi com um pedaço de pau e tentou acertá-lo na cabeça. 

A madame de bunda opulenta, tomada por imensa indignação, chamou a atenção do menino pervertido. "Filho, assim você machuca os passarinhos". 

Eu pensei na ressuscitação de Herodes. Mas foi em vão. Em casa conformei-me. E refleti. Que temporada vivemos, com homens tão gentis! 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%