25/08/2021 às 15h06min - Atualizada em 25/08/2021 às 15h06min

MG e ES repactuam danos causados pelo rompimento da barragem de Mariana

O objetivo do encontro foi solicitar o apoio da União ao processo de repactuação

O resultado da reunião foi positivo. Crédito/Benné Mendonça - Ascom Casa Civil
 

Os governadores de Minas Gerais, Romeu Zema, e do Espírito Santo, Renato Casagrande, se reuniram na manhã desta quarta-feira, 25/08, com os ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira, da Advocacia Geral da União (AGU), Bruno Bianco, e com o secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, Fernando Moura Alves, para tratar do acordo de reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, de propriedade da mineradora Samarco, controlada pelas empresas Vale e BHP Billiton, no ano de 2015.

 O objetivo do encontro foi solicitar o apoio da União ao processo de repactuação, que visa mudar as regras do acordo atual de forma a agilizar a reparação dos danos, com foco nas regiões e comunidades atingidas. 

O resultado da reunião foi positivo e, como próximo passo, foi estabelecida a atuação para o  fortalecimento do trabalho conjunto, envolvendo as instituições públicas da União e dos dois Estados – Ministérios Públicos Estaduais e Federal, Defensorias Públicas Estaduais e Federal – no objetivo de garantir maior agilidade para o processo de reparação dos prejuízos causados pelo rompimento da barragem, que segue, até o momento, sem uma resposta satisfatória para os estados, União e atingidos.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%