13/09/2021 às 08h34min - Atualizada em 13/09/2021 às 08h34min

Capixaba brilha em time de Israel de olho na seleção brasileira

Gean, que foi eleito o melhor goleiro das últimas três edições do Estadual

- Peter Falcão
Pauta Livre Assessoria
Gean não tem dúvidas de que o futebol de areia do clube tende a evoluir. Foto: Divulgação.

 

 

Mantendo a tradição dos grandes goleiros capixabas de futebol de areia, com projeção internacional, como Pierre e Mão, o jovem Gean Pietro brilha em Israel, tendo defendido, recentemente, o Falfala na maior competição de times do continente europeu, a Euro Winner. 

Gean, que nasceu em Piúma, no dia 24 de março de 1998, não esconde a gratidão por ter sido muito bem recebido no clube, atual campeão israelense e também o com maior número de conquistas da competição nacional: cinco.   

O Falfala é seu primeiro clube internacional. “Meu primeiro jogo foi na Euro Winner em Nazaré, Portugal. Cheguei no clube  motivado e muito feliz pela oportunidade”, disse. 

“Cada jogo foi capítulo novo na minha história, pois sair de Anchieta e ir para Europa, de um dia para o outro, foi surpreendente e muito gratificante, além do que imaginava” acrescentou o arqueiro de 1.89 metro.  

Ele não tem dúvidas de que o futebol de areia do clube tende a evoluir.  

“Graças a Deus, a Euro Winner de Futebol de Areia foi competição inovadora e pude ajudar ao máximo a equipe que me recebeu de maneira incrível. Ficamos no top 10 de clubes europeus, mas creio que na próxima edição vamos brigar por lugar no pódio”, previu. 

Sem perder o vínculo com Falfala, de Israel, Gean está prestes a realizar o sonho de disputar competições do calendário italiano, que ocorre em datas diferente. 

“Tive a grande oportunidade. Através do Bruno Xavier, vim para o Pisa Beach Soccer, campeão da temporada Italiana. Infelizmente não pude jogar, por conta da documentação. Mas eu já estou me preparando para a próxima temporada. A meta é conquistar meus objetivos: vencer e mostrar meu talento”, destacou.  

Pietro quer participar do maior número possível de competições do Velho Continente, desde que o calendário permita. 

“Sonho em viver boas experiências de crescimento. Isso é que move a vida”, revelou. 

Atuando nas categorias de base da seleção brasileira, Gean foi campeão sul-americano sub-20 e também conheceu vários países, como Uruguai, China e Dubai. 

O seu projeto agora é ter oportunidade na seleção principal. 

“Minha primeira convocação para disputar o Sul-Americano Conmebol Sub-20 foi em 2017. Em seguida, tive experiências em outras edições. Agora, com muita dedicação e trabalho árduo, vou buscar uma convocação na Seleção Brasileira Principal. Conquistar esse objetivo não será fácil, mas vamos sonhar sim com a “amarelinha”.  

Na Europa, Gean não esconde a saudade. “Tenho recordações muito boas das competições em Vitória, dos nossos estaduais e municipais pelo CTM. Foram a minha base, onde eu nasci na modalidade”, destacou.  

“Tenho orgulho de ser um atleta anchietense, e de defender as cores do nosso Espírito Santo, com muito trabalho e confiança em Deus”, disse ainda 

“Tenho certeza que levaremos o nome de Anchieta e Espírito Santo a vários lugares do mundo. E que isso seja inspiração para muitos meninos capixabas que estão dando os primeiros passos na modalidade”, afirmou. 

Gean, que foi eleito o melhor goleiro das últimas três edições do Estadual, defendendo Anchieta (atual tricampeão), começou no futebol de areia em 2016 no Centro de Treinamento Missão (CTM), de Bruno Xavier, melhor do mundo FIFA 2013 e 2014, em Anchieta. 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%