25/10/2021 às 18h40min - Atualizada em 25/10/2021 às 18h40min

Já ouviu falar no golpe da portabilidade de empréstimo?

As condições implementadas são bem diferentes do que foi apresentado

- Flávia Oleare é advogada civilista, especialista em direito de família
Oleare e Torezani Advocacia e Consultoria (www.oleareetorezani.com.br), contato: flavia@oleareetorezani.com.br
Não deixem de procurar um advogado de sua confiança assim que perceberem que foram vítimas. Foto:Ilustração Web.

 Já ouviu falar no  golpe da portabilidade de empréstimo?

Este é mais um golpe que está sendo praticado por instituições financeiras desonestas.

Atualmente  é o golpe com mais reclamações no Banco Central.

Normalmente as vítimas são servidores públicos e aposentados ou pensionistas do INSS.

Acontece assim: a pessoa tem um empréstimo consignado e algum correspondente bancário entra em contato oferecendo um outro plano de empréstimo com juros menores  em outra Instituição Financeira. Para isso, a pessoa precisa autorizar a portabilidade do empréstimo para a outra Instituição.

Trata-se de uma oferta bastante atrativa, afinal, quem não quer reduzir os juros que está pagando?

Os contatos são feitos por telefone e whatsapp e as explicações demonstram uma grande vantagem para quem aderir à portabilidade.

O grande problema é que após firmado o contrato  do novo plano, até então apresentado como sendo mais vantajoso para o cliente, a pessoa verifica que as condições implementadas são bem diferentes do que foi apresentado.

Há casos em que a dívida praticamente dobra. Há aumento do valor da prestação e do número de parcelas e a partir daí, nenhum funcionário mais atende a pessoa e é somente aí, que o cliente se dá conta de que caiu em um golpe.

Após relatos de várias vítimas, eu mesma, Flávia Miranda Oleare, denunciei esta prática  ao Ministério Público de Vitória, que instaurou um procedimento e encaminhou para apuração da a Delegacia do Consumidor para a adoção de medidas na esfera criminal.

Conheci muitas pessoas que caíram neste golpe e  o que tenho a dizer é: não deixem de procurar um advogado de sua confiança assim que perceberem que foram vítimas. Certamente, ele poderá te passar uma orientação de como proceder.

Para agravar a situação,  alguns servidores que, por conta deste golpe, acabam fazendo outros  empréstimos, pois a nova parcela não cabia em seu orçamento. Isso acaba gerando uma “bola de neve” de dívidas! Não faça isso, procure imediatamente um advogado para ser orientado.
Conhece alguém que pode se  interessar por este assunto? Envie para seus amigos, afinal, algum deles pode estar sendo vítima desta prática.
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%