02/11/2021 às 13h41min - Atualizada em 02/11/2021 às 13h41min

“Pelé das Areias” abraça vida de pastor evangélico no RJ

Benjamin diz que sua maior conquista foi o verdadeiro encontro com Deus

- Peter Falcão
Pastor Benjamin não tem dúvidas da sua importância na história da modalidade. Foto: Peter Falcão
Considerado, por muitos, o melhor jogador de futebol de areia de todos os tempos, tendo recebido o carinhoso apelido de “Pelé das Areias”, o carioca Benjamin afirma que encontrou a felicidade abraçando outra atividade totalmente distinta. Ele, há cinco anos, atua como pastor da Assembleia de Deus do Leblon (RJ). 
 
“Com certeza as minhas maiores alegrias na vida, incluindo o esporte, foi ter encontrado Deus. Foi o gol mais importante que fiz na minha história, costumo dizer”, comentou. 
 
Ele afirma que não era 100% feliz, apesar do imenso sucesso e do reconhecimento profissional. 
 
“Havia um grande vazio no meu coração que nada preenchia. Nem títulos ou mídia. Chegou Jesus e tornei-me melhor em tudo: pai, amigo, irmão, companheiro. Sem dúvidas, minha maior conquista foi o verdadeiro encontro com Deus”, acrescentou. 
 
Atualmente sente grande prazer com a nova atividade. 

“Hoje, por misericórdia e graça, estou pastoreando uma congregação, na comunidade da Rocinha, que é a maior comunidade da América Latina.  Sou da Assembleia de Deus do Leblon e há cinco anos estou pastoreando ali. Este é meu foco principal”, disse ainda. 
 
O grande atleta mostra gratidão pelo reconhecimento. 

“Ser considerado por muitos jogadores, o ‘melhor de todos os tempos’ me deixa feliz, lisonjeado. Sou grato, primeiramente a Deus que me concedeu o talento. E também aos meus parceiros em quadra que me ajudaram muito. Aos membros das comissões técnicas com os quais trabalhei, aos torcedores, desportistas e a todos da imprensa”, disse. 
 
Ele não tem dúvidas da sua importância na história da modalidade. 

“Fico imensamente satisfeito por ter deixado, de alguma maneira, um legado, por ter feito muita gente feliz, mas não posso esquecer do ‘Papai do Céu’ que me concedeu tudo isso. Deus é fiel!”, destacou. 
 
Benjamin espera retomar seus projetos após o fim da pandemia. 


“Temos alguns projetos, de variados segmentos, inclusive o esporte, que por causa da pandemia foram cancelados, mas que estão voltando agora. Estamos pensando em diversas coisas e torcendo também para que nosso esporte possa ter um calendário. Mas, a princípio, como pastor, estou muito feliz e cumprindo o que determina Jesus Cristo Anunciado”, afirmou. 
 
O craque declara seu amor pelo Espírito Santo e aos capixabas. 


“Com todo respeito aos outros Estados, mas o ES foi o estado que mais visitei. Não tenho nem palavras para descrever o quanto amo este Estado. Louvo a Deus que ilumine o coração de cada um de vocês”, afirmou. 
 
“Sempre fui muito bem tratado quando joguei por clubes, pelas seleções municipais capixabas, pela seleção carioca e pela seleção brasileira. Vocês são especiais em meu coração”, disse.  
 
“Agradeço ao Paulo Sergio (ex-goleiro do Botafogo, Fluminense e Seleção Brasileira e ex-presidente e fundador da Federação do Espírito Santo de Beach Soccer e atualmente comentarista esportivo da TV Gazeta) a oportunidade de ter atuado aí tantas vezes e por tudo o que fez pelo desenvolvimento do esporte”, finalizou. 


Breve currículo​

Benjamin Pereira da Silva nasceu no dia 29 de maio de 1969, no Rio de Janeiro. Altura         1,66 m e é destro. Sua posição é atacante. Atualmente ele joga pelo Copacabana Praia Clube.
 
Conquistas pela Seleção Brasileira: Campeão FIFA Beach Soccer World Cup: 2006, 2007, 2008, 2009. Campeão eliminatórias FIFA Beach Soccer World Cup: 2005, 2006, 2008, 2009, 2011. Campeão Mundialito de Futebol de Areia: 1999, 2001, 2004, 2005, 2010, 2011.


Conquistas Individuais. 3o melhor jogador FIFA Beach Soccer World Cup: 2009, 2o melhor jogador FIFA Beach Soccer World Cup: 2006, 2008, 2o maior artilheiro FIFA Beach Soccer World Cup: 2006. 
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%