22/02/2022 às 05h53min - Atualizada em 22/02/2022 às 05h53min

Maiara da Costa: craque que tem a carreira pavimentada por títulos

Maiara começou aos 13 anos, atuando pela equipe em Jacaraípe

- Peter Falcão
Pauta Livre Assessoria
Maiara é uma das boleiras mais queridas da modalidade, parceira gentil, gerando gentilezas. Fotos: Peter Falcão.


Ela é uma das grandes jogadoras da história do futebol de areia feminino capixaba. 

 

Com qualidade técnica invejável, está sempre oferecendo à sua equipe variedade de opções, que proporcionam imenso volume de jogo quando está em quadra.  

 

Jamais treme em decisões. Não raramente fazendo “aquele” gol salvador ou para confirmar o lugar mais alto no pódio. 

 

Além disso, sejamos sinceros, é uma das boleiras mais queridas da modalidade, parceira gentil, gerando gentilezas. Soberana em seu altíssimo astral. 

 

Estamos falando de Maiara da Costa, uma atleta abençoada pelos deuses e com a carreira pavimentada por títulos, muitos títulos. Te convido a conhece-la melhor. Com a certeza de que terás grande prazer! 

 

Maiara começou aos 13 anos, atuando pela equipe do Ajaf, de Jacaraipe. “Me apaixonei pela modalidade, onde sigo até hoje”, comentou. 

 

A sua qualidade técnica, na sua avaliação, é devido a muito treinamento, afinal, desde pequena pratica a modalidade. 

 

Sem dúvidas, os títulos são as maiores alegrias da carreira. E não era para menos: afinal, são quase todos possíveis do calendário.  

 

Maiara lembra, com carinho, dos diversos Municipais de Vitória que disputou. “Tive várias conquistas nas competições, era muito emocionante jogar com a arena lotada. A competição era muito disputada, com muitas equipes femininas, a estrutura era muito boa, tinham duas divisões, as conquistas são as melhores lembranças destes eventos marcantes”, disse. 

 

Maiara conquistou duas das três edições dos Campeonatos Estaduais realizados. “Também gosto muito de disputar. São sempre competições com grandes equipes, ótimas seleções, empolgantes”, avaliou. 

 

Uma das atletas mais antigas (e queridas) do São Pedro, a craque comemora 15 anos “de casa”. E com muito orgulho. “É minha segunda casa, fiz vários amigos, que hoje os considero como minha família, equipe unida, que, aos poucos, foi crescendo na modalidade e hoje se encontra no topo. São Pedro faz parte da minha história”, afirmou. 

 

Dentro de quadra grande parceira, segundo ela, foi a  Lane Matos, estrela de projeção mundial de futevôlei feminino. “Foi muito bom jogar ao lado dela, craque, se tivesse continuado na modalidade, com certeza seria da seleção brasileira”, comentou. 

 

O gol mais marcante aconteceu na AERT, em Bairro de Fátima, Serra, na primeira edição do Metropolitano. “Foi o gol sobre a equipe do Rio Branco na final do Metropolitano de 2018, faltando 30 segundos para o término da partida. Levamos a disputa para os pênaltis onde nos sangramos campeãs”, recordou. 

 

A temporada de 2018, por sinal, foi uma das mais especiais de sua carreira, no qual foi campeã por São Pedro do Municipal, Estadual, Metropolitano e vice no Brasileiro. 

 

Na vida particular, a craque tem como maior sonho viajar por vários lugares do mundo.

 

Para quem está começando a Maiara relata. “Jogar beach soccer tem que gostar, é um esporte incrível, apaixonante, bonito de se ver”, disse. 

 

“Amo a modalidade, foi onde tudo começou, pretendo continuar a praticar, até quando for possível”, completou. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

47.2%
23.1%
29.7%