21/07/2022 às 13h48min - Atualizada em 21/07/2022 às 13h48min

Saber técnico é a chave para se manter no mercado de trabalho

O presidente Valmir concorda com a necessidade de atualização

- Anderson Neto / Comunicação
Assessoria de Imprensa
Técnicos industriais tem uma necessidade constante de atualização. Foto: Divulgação.

Para ser bem sucedido no mercado de trabalho, é necessário estar atualizado. Para os técnicos industriais essa é uma necessidade constante, principalmente quando nos deparamos com um novo equipamento ou uma nova tecnologia. É o caso do técnico em estradas Edson Pedrosa Oliveira e do técnico em agrimensura Jorge Luiz de Souza Nascimento, que são servidores do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf).

Eles estão recebendo treinamento para operação do GPS RTK, equipamento que vai dar agilidade na medição de terrenos e estradas, entre outras utilidades. Para Edson, o treinamento está sendo uma maravilha. “Em relação ao outro equipamento que estávamos utilizando foi um salto incrível. Com essa nova tecnologia, nosso trabalho fica bem mais completo”, conta.
 

Ele afirma que já teve contato com o GPS RTK desde 2008 através de outra empresa, mas agora está recebendo treinamento pelo Idaf. Edson exalta a qualificação dos técnicos, ressaltando a importância da atualização para acompanhamento das novidades do mercado de trabalho.

“Todo dia tem uma situação nova no mercado. O trabalhador precisa procurar se aprimorar e se atualizar para realizar seu serviço da melhor maneira possível”, relata Edson, que é lotado na gerência do Idaf de Colatina como técnico de fiscalização e desenvolvimento agropecuário.

Quem compartilha da mesma opinião é Jorge Luiz de Souza Nascimento, que também reconhece a necessidade de atualização no trabalho. “Esse treinamento é de grande importância, já que, no ano que vem, teremos a obrigatoriedade do georreferenciamento. E esse equipamento, o GPS RTK é moderno, super preciso, e vai dar mais eficiência e agilidade no desempenho do nosso trabalho”, analisa.

 

Jorge conta que é companheiro de trabalho do presidente do Conselho Regional dos Técnicos Industriais, técnico em agrimensura Valmir Xavier há 36 anos. “Nós entramos juntos no Idaf, no mesmo dia, no mesmo ano, sendo que um tempo depois ele foi para Barra de São Francisco e eu fui para São Mateus, onde sou lotado hoje”, explica.

Quem também participa do treinamento é a técnica em estradas Kassia Karolinny Ribeiro Camilo, que exerce a função de medições no Idaf. A engenheira cartógrafa, supervisora do Instituto, Vanessa Nascimento Vieira de Oliveira, também aprova a atualização profissional. “As novas tecnologias estão auxiliando na agilidade e na melhoria das medições, permitindo a adequação às novas exigências que o setor requer”, relata.

O presidente Valmir concorda com a necessidade de atualização. “É isso que queremos para os nossos técnicos: atualização, capacitação e responsabilidade técnica para desempenhar o trabalho da melhor forma, obtendo melhores resultados e aprimorando seu histórico como técnico industrial”, finaliza o presidente do CRT-ES.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »