28/07/2022 às 06h36min - Atualizada em 28/07/2022 às 06h36min

Raro diamante rosa, o maior achado em 300 anos, é encontrado na África

O diamante rosa foi descoberto na mina Lulo em Angoa

Agências Internacionais
´E um dos maiores diamantes rosa recuperados em 300 anos. Foto: Ilustração Web.

A pedra preciosa de cor mágica e suave tem 170 quilates e é do tipo IIa, uma das formas mais raras e puras de pedras naturais.

Nesta quarta-feira 27, um operador australiano em uma área de minas na Angola disse que mineiros desenterraram um raro diamante rosa puro que se acredita ser o maior encontrado em 300 anos.

O diamante rosa, apelidado de Lulo Rose, tem 170 quilates e foi descoberto na mina Lulo, no nordeste rico em diamantes do país e está entre os maiores diamantes rosa já encontrados, disse a empresa de diamantes Lucapa Diamond Company em comunicado aos investidores citada pela CBS News.

"Este recorde e espetacular diamante rosa recuperado do Lulo continua a mostrar Angola como um ator importante no cenário mundial", disse o ministro dos Recursos Minerais de Angola, Diamantino Azevedo, citado pela mídia.

 

Provavelmente agora, a pedra será vendida em um valor estonteante. Entretanto, vale lembrar que Lulo Rose terá que ser cortado e polido para perceber seu verdadeiro valor, em um processo que pode fazer uma pedra perder 50% de seu peso.

O "Pink Star" de 59,6 quilates foi vendido em um leilão de Hong Kong em 2017 por US$ 71,2 milhões (cerca de R$ 380 milhões) e continua sendo o diamante mais caro já vendido.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »