30/04/2024 às 15h41min - Atualizada em 30/04/2024 às 15h41min

Hipertensão infantil afeta entre 3% e 15% das crianças no Brasil

Hipertensão infantil: um mal silencioso

- Paula de Paula
P6 Comunicação
.Foto: Freepik - Divulgação.
 
 
 
A hipertensão arterial, muitas vezes considerada uma preocupação apenas para adultos, está se tornando cada vez mais comum entre crianças e adolescentes. De acordo com dados do Ministério da Saúde, estima-se que entre 3% e 15% das crianças no Brasil sejam afetadas pela condição. Mas o que os pais podem fazer para ajudar no controle da pressão arterial de seus filhos? A resposta pode estar no prato.

"A alimentação desempenha um papel fundamental no controle da hipertensão arterial em crianças", afirma Carolina Sousa, nutricionista e professora do curso de Nutrição da Estácio. "Fazer escolhas alimentares saudáveis desde cedo pode ajudar a prevenir e controlar a doença."
 
Então, quais são essas escolhas alimentares saudáveis? Aqui estão algumas dicas simples da docente para incorporar uma dieta saudável na rotina das crianças:

1. Aumente o consumo de frutas e vegetais: “Frutas e vegetais são ricos em fibras, vitaminas e minerais essenciais que ajudam a manter a pressão arterial sob controle. Tente incluir uma variedade de cores em cada refeição para garantir uma ampla gama de nutrientes.”

2. Reduza o consumo de alimentos processados e ricos em sódio: “Alimentos processados, como salgadinhos, fast food e alimentos enlatados, tendem a ser ricos em sódio, o que pode aumentar a pressão arterial. Opte por alimentos frescos e caseiros sempre que possível e leia os rótulos dos alimentos para fazer escolhas mais saudáveis.”

3. Escolha fontes magras de proteína: “Opte por fontes magras de proteína, como peixes, frango sem pele, ovos e leguminosas. Essas opções são mais baixas em gordura saturada, que pode contribuir para o aumento da pressão arterial.”

4. Incentive a hidratação saudável: “A água é essencial para a saúde cardiovascular. Incentive seus filhos a beber água ao longo do dia e evite bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos industrializados, que podem contribuir para o ganho de peso e aumento da pressão arterial.”

5. Promova o equilíbrio e a moderação: “Não se trata de proibir alimentos, mas sim de promover um equilíbrio saudável. Permita que seus filhos desfrutem de seus alimentos favoritos ocasionalmente, mas em porções moderadas.”
 
A professora de Nutrição da Estácio orienta que o objetivo não é fazer mudanças drásticas da noite para o dia, mas sim fazer pequenas alterações graduais na dieta dos pequenos. Incentivar o envolvimento delas na preparação de refeições e lanches saudáveis e tornar a experiência alimentar divertida e educativa são outros facilitadores indicados pela nutricionista na mudança de hábitos.

"Uma alimentação saudável pode ser deliciosa e divertida para toda a família", enfatiza Carolina Sousa. "Ao fazer escolhas alimentares conscientes e criar hábitos saudáveis desde cedo, você está dando um grande passo para proteger a saúde cardiovascular de seus filhos.", finaliza.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »