A crise do papel que vem acabando pouco a pouco com os veículos de comunicação impressos no Brasil, atingiu a Rede Gazeta, no Espírito Santo. A empresa anunciou no último dia 31 que vai priorizar o jornalismo digital.

A partir do dia 30 de setembro, a rede vai retirar da circulação diária o jornal A Gazeta. Nesta sexta-feira 2 o jornal popular Notícia Agora (Na!) também terá suas atividades encerradas.

Segundo a nota publicada pela Rede Gazeta, esse movimento vem sendo planejado há cerca de um ano e meio, dentro de um projeto chamado TDigital, desenvolvido por uma equipe multidisciplinar da Rede Gazeta desde o primeiro semestre de 2018.

Uma das premissas do projeto é levar, para dentro da redação de A Gazeta,
especialistas em inteligência artificial, SEO, marketing e análise de dados para indicar estratégias de distribuição de conteúdo e captação de assinaturas digitais.

A empresa alega que a transformação digital, no entanto, não vai resultar no fim dos jornais impressos da rede. Na primeira semana de outubro, será lançada uma edição
semanal impressa de A Gazeta, que circulará aos sábados.

Apesar dos benefícios visados pela Rede Gazeta, o fechamento do ‘Notícia Agora’ gerou várias demissões, dentre elas, o editor chefe de ‘A Gazeta’ e do ‘Notícia Agora’, André Hees.

Quem assume o lugar de Hees é Elaine Silva, que desde 2014 ocupava o cargo de editora-executiva de A Gazeta.

   Outros demitidos:   Bernardo Coutinho  Mayra Bandeira  Andrea Pegoretti  Tubarão  Cinthia  Cedoc 2  Ovadias  Patrícia Scalzer  Elton Lirio  Arabson  Erica  Joviana  Maíra Mendonça  Dani Saqueto  Luciana Castro  Genildo  Anderson Salles  Dayse Torres  Erikinha  Gabriela Singular  Mariana Perim  Benahia Figueiredo    Com informações da Rede Gazeta.