02/07/2024 às 14h26min - Atualizada em 02/07/2024 às 14h26min

Orquestra Jovem Capixaba realiza concerto inspirado na Mata Atlântica

Estreia mundial reflete a exuberância das florestas brasileiras

- José Roberto Santos Neves
Agência JRSN
Orquestra Jovem Capixaba se apresenta em dia 5 de julho no Centro Cultural Sesc Glória. Fotos Molaa
 

 
 
 
Inspirada na diversidade natural do Brasil, a Orquestra Jovem Capixaba realiza o concerto “Florestas Brasileiras - Mata Atlântica”, no dia 05 de julho, às 20h, no Centro Cultural Sesc Glória, em Vitória.

Com regência do maestro Eduardo Lucas e narração da atriz Bárbara Colen, o espetáculo marca a estreia mundial de composições que refletem a exuberância da Mata Atlântica por meio de sonoridades, ritmos e melodias. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados pelo site Lets.Events (https://lets.events/e/musica-orquestra-jovem-capixaba-florestas-brasileiras-mata-atlantica).
 
O concerto tem produção do Instituto Cultura Viva, TonoBooks e Molaa, com correalização do Sesc Glória e realização da Funarte, por meio do Programa Funarte Retomada 2023 - Música.
 
Da periferia da Grande Vitória para o mundo, o concerto “Orquestra Jovem Capixaba - Florestas Brasileiras - Mata Atlântica” busca proporcionar uma experiência única de conexão com a diversidade natural do Brasil. O espetáculo musical será uma jornada pelas principais paisagens sonoras florestais da Mata Atlântica. O grupo apresentará peças musicais inéditas, compostas por Marcelo Rauta, Leonardo Gorosito, Deyvid Martins, Gaia Wilmer, Gilson Santos, Patrícia Souza e Fabiano Araújo, com inspiração na fauna, flora e cultura de cada uma dessas regiões.
 
Entre os solistas confirmados estão Gabriel Alomba (violino), Isabela Luchi (soprano), Léo de Paula (percussão), Paula Galama (piano), Fabiano Araújo (piano)  e Patrícia Souza (piano).
 
 
Poemas de Drummond

A curadoria é do maestro Eduardo Lucas, que buscou inspiração em grandes compositores que homenagearam as florestas brasileiras em suas criações, como Tom Jobim, Dorival Caymmi e Paulo César Pinheiro. Segundo o maestro, além da música, o concerto terá uma interseção com os aspectos visuais, cênicos e a literatura.
 
“Vamos incorporar efeitos de iluminação e projeções visuais para complementar a experiência do público. Cada peça será precedida por um poema de Carlos Drummond de Andrade sobre a flora e a fauna que inspirou a música, destacando sua importância ecológica e os desafios que enfrenta, e o concerto terá apresentação da atriz Bárbara Colen, conhecida por sua atuação nos filmes ‘Bacurau’ e ‘Aquarius’, e pela novela ‘Quanto mais vida, melhor!’”, explica o maestro.
 
Ao executar um repertório baseado nos biomas brasileiros, a Orquestra Jovem Capixaba chama a atenção para temas urgentes para a sociedade atual, como a proteção ambiental e o respeito à natureza, diante de ameaças como o desmatamento e o aquecimento global. “Os nossos biomas são fontes  de imensa riqueza, inspirando as comunidades e as criações nas mais diversas áreas. A seleção de obras para este concerto reflete ao mesmo tempo a riqueza de nossa diversidade natural e a preocupação com a preservação das nossas florestas”, acrescenta Eduardo Lucas.

Inclusão social

Criada em 2023, a Orquestra Jovem Capixaba busca promover a inclusão social por meio da arte e da cultura, tendo a música como eixo principal. Sua sonoridade visa unir a música de câmara e sinfônica a estilos urbanos, como o rap, pop e funk. O grupo é composto por diversos jovens e adolescentes, músicos em formação profissional, mas já com vasta experiência no mercado local. São jovens oriundos de projetos sociais e com atuação destacada em áreas de vulnerabilidade da Grande Vitória.
Ao apoiar jovens músicos, a Orquestra Jovem Capixaba fomenta a construção de um legado musical, garantindo a continuidade e desenvolvimento da tradição musical erudita, popular e formando a próxima geração de músicos profissionais.
 


PROGRAME-SE:  

Orquestra Jovem Capixaba
 
Concerto “Florestas Brasileiras - Mata Atlântica”
 
Categoria: Música clássica instrumental orquestrada
 
Data: 05 de julho (sexta-feira)
Local: Centro Cultural Sesc Glória - Av. Jerônimo Monteiro, 428,  Centro, Vitória (ES), 29.010-002 
Horário: 20h
Classificação: Livre
Duração: 60min
Entrada: gratuita, com retirada de ingressos pelo site Lets.Events (https://lets.events/e/musica-orquestra-jovem-capixaba-florestas-brasileiras-mata-atlantica)
 
 
 FICHA TÉCNICA:

Regência: Eduardo Lucas

Narração: Bárbara Colen
 
Solistas:
Gabriel Alomba - Violino
Isabela Luchi - Soprano
Léo de Paula - Percussão
Paula Galama - Piano
Fabiano Araújo - piano 
Patrícia Souza - Piano
 
Produção: Instituto Cultura Viva, TonoBooks, Molaa
Realização: Funarte, com fomento do Programa Funarte Retomada 2023 - Música
Correalização: Sesc Glória
 
SOBRE A ORQUESTRA JOVEM CAPIXABAA Orquestra Jovem Capixaba foi fundada em 2023 e conta com a gestão do Instituto Cultura Viva. A regência é do maestro Eduardo Lucas, um dos principais nomes da música orquestrada do Estado. O grupo é formado por jovens oriundos de áreas de comunidades de periferia. Já se apresentaram no Festival Pocar, ao lado de um dos maiores nomes da música brasileira, Matheus Aleluia; também no projeto Sílabas & sons, ao lado de Zezé Motta, Leila Maria e Conceição Evaristo, além de eventos da Fecomércio-ES, Sesc e Sicoob.
 
SOBRE O REGENTE EDUARDO LUCASO maestro Eduardo Lucas é atualmente uma das referências em formação musical instrumental no Brasil. É oriundo da periferia da Grande Vitória, tendo iniciado sua carreira em projeto social. Membro do corpo docente da Faculdade de Música do Espírito Santo Maurício de Oliveira (Fames), desenvolve trabalhos na área de inclusão sociocultural através da prática coletiva. É maestro do Projeto Vale Música Espírito Santo, doutorando em Música pela UniRio e coordenador pedagógico do Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins (ES).
 
SIGA A ORQUESTRA JOVEM CAPIXABA:Instagram: https://www.instagram.com/orquestrajovemcapixaba/
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »