17/01/2020 às 16h49min - Atualizada em 17/01/2020 às 16h49min

Guandu sedia em março o Campeonato Pan-Americano

Assessoria de Comunicação da PMBG
Rampa do Manjolo - Baixo Guandu - ES
Baixo Guandu vai sediar entre os dias 5 e 14 de março o Campeonato Pan-Americano de Parapente, com 125 pilotos de 21 países já inscritos na competição e presença de 200 pessoas envolvidas diretamente na organização e nas provas desta modalidade de voo livre.
 
Hoje pela manhã 17 o prefeito Neto Barros recebeu no gabinete o piloto  Frank Brown, o brasileiro de maior destaque no Parapente mundial, quando prosseguiram as tratativas de organização do Pan-Americano.

“Baixo Guandu é hoje uma referência mundial no Parapente e a vinda do Pan-Americano à cidade é uma decisão dos próprios pilotos e organizadores, tendo em vista a estrutura que a cidade oferece, o apoio da Prefeitura, a recepção da população e a rampa do Monjolo, considera uma das melhores do mundo”, explicou o piloto Frank Brown, que já foi vice-campeão mundial no esporte.

Frank  Brown está muito otimista para mais esta grande competição em Baixo Guandu, que já sediou a grande final do Campeonato Mundial de Parapente, no ano passado. O piloto pratica o esporte desde os 11 anos de idade e hoje, aos 49, vai competir novamente no Pan-Americano.

Para o piloto Frank Brown, a cidade deve movimentar em torno de R$ 1 milhão em torno do Pan-Americano, dinamizando  a economia da cidade, que além das 200 pessoas diretamente envolvidas na competição, recebe sempre a visita de centenas de simpatizantes.
 
“Nossa expectativa é atrair um público de 10 mil pessoas a Baixo Guandu para acompanhar as provas na rampa do Monjolo”, falou Frank Brown, que salienta o fato de Baixo Guandu ganhar visibilidade mundial com a competição através das mídias sociais, youtube, Facebokk e Instagram, além da imprensa escrita e de televisão.
 
O prefeito Neto Barros, que desde 2013 acreditou no parapente como forma de dinamizar a economia de Baixo Guandu e tornar a cidade um polo turístico voltado ao voo livre, demonstrou mais uma vez entusiasmo com o Campeonato Pan-Americano que se realiza em março.

“Teremos mais uma vez aqui centenas de turistas, grande parte deles de vários países espalhados pelo mundo. O povo de Baixo Guandu abraçou com carinho o parapente e os resultados a cada ano surpreendem em todos os sentidos”, falou o prefeito.
 
Neto Barros destacou não só a interação dos guanduenses com a cultura de vários países, mas também o fato das competições fazerem girar a roda da economia. “Neste Pan-Americano do mês de março, por exemplo, o montante financeiro que circula na cidade fica em torno de R$ 1 milhão”, disse o prefeito.
 
A estrutura do campeonato Pan-Americano vai ser montada na Praça do Jardim , com a expectativa das obras na nova avenida Carlos de Medeiros estarem definitivamente finalizadas.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

44.3%
23.9%
31.8%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...