06/03/2020 às 12h53min - Atualizada em 06/03/2020 às 12h53min

Dia 7: 155 imigrantes chegam ao Porto de Vitória rumo a Santa Leopoldina

- Projetos Imigrantes ES
Arquivo Público Estadual do ES
Foto: (detalhe) Núcleo urbano de Santa Leopoldina, em 1869, vendo-se a ponte sobre o rio Santa Maria da Vitória, em primeiro plano junto o porto de embarque e desembarque. Albert Richard DIETZE.
 
Nesta data, em 1857, chegaram ao porto de Vitória 155 imigrantes, os primeiros colonos à ocupar lotes agrícolas na recém criada Colônia de Santa Leopoldina (1856).

Também nessa mesma data, do ano de 1814, foram estabelecidos na Colônia Agrícola de Santo Agostinho, em Viana, 18 imigrantes das ilhas de Açores (Portugal), de um total de 250 camponeses que vieram daquele arquipélago, entre 1812 e 1814.

Dos 155 imigrantes que chegaram em 1857, 118 eram suíços e 37 eram alemães. Foram trazidos de São Paulo pois estavam descontentes com os serviços na Fazenda Ubatuba. Diante da dura realidade na fazenda paulista, os colonos solicitaram ao Império serem transferidos para colônias do governo, onde pudessem cultivar seus próprios lotes.

Sendo os pioneiros de Santa Leopoldina, esses colonos enfrentaram grandes desafios. Os lotes foram demarcados em uma região de difícil acesso, entre montanhas íngremes, de solo improdutivo. Esse local é conhecido até hoje como Suíça, com represa homônima, há 6 KM da cidade.

As famílias açorianas tinhas os seguintes nomes:
MACHADO, MEDEIROS e PIMENTEL

As famílias suíças tinhas os seguintes nomes:
BÄBLER - BAUMGARTNER - BLUME - BUCHER - DÜRR - ELMER - FINK - GADIENTH - GINSBERG - HALLAUER -
HÄMMERLI - HAUSER - HOFFMANN - HÖFLI - KAUFMANN - KERN - KÖPPLIN - KUBLI - LANDOLT - LUCHSINGER - MÜLLER - RETMANN - SCHANUT - SCHINZ - SCHOPF - SPEICH - VOLKART - WERFELI - WIESER - ZIEGLER - ZINSLI

As famílias alemãs tinhas os seguintes nomes:
ADAM - FRANK - GÜRTLER - HARMS - PRASSER - RECKEL - SAALO - SACHT - SCHOEPF - STAUSS - TELLOW - WELDBERG

Foto: (detalhe) Núcleo urbano de Santa Leopoldina, em 1869, vendo-se a ponte sobre o rio Santa Maria da Vitória, em primeiro plano junto o porto de embarque e desembarque. Albert Richard DIETZE.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

45.7%
23.9%
30.3%