17/03/2020 às 17h57min - Atualizada em 17/03/2020 às 17h57min

Vila Pavão suspende aulas impondo restrições para contenção de vírus

- Cleber Sabino
Centro de Vila Pavão - Divulgação
 



A prefeitura de Vila Pavão publicou nesta terça feira (17), uma série de medidas sanitárias e administrativas para prevenção, controle e contenção  dos riscos decorrentes de um possível surto de coronavírus, o Covid 19.

O parágrafo 1º do decreto lei de nº 1.299/2020 declara Situação de Emergência em Saúde Pública no município por período de 180 dias. O artigo 7º estabelece a criação de uma sala de emergência no município composta por representantes do Poder Público.

Aulas suspensas

Além disso, as aulas e atividades educacionais em todo o município, foram suspensas a partir desta terça-feira (17), pelo período de 19 dias. A suspenção das atividades escolares do dia 23 de março ao dia 04 de abril serão consideradas férias escolares.

Outro paragrafo do decreto trata da proibição estrita da realização de eventos com conglomerado de pessoas no município.

Já em seu artigo 12º, o decreto proíbe comerciantes e ambulantes de elevarem sem justa causa os preços do álcool em qualquer  de suas fórmulas, máscaras e outros produtos utilizados na prevenção do novo coronavírus.

Hoje pela manhã, antes de viajar para Vitória, onde  participar de uma reunião na AMUNES como representante dos prefeitos da região noroeste para tratar dos cuidados em relação ao Covid 19, o prefeito Irineu Wutke comentou que “na reunião serão tratados os desdobramentos de ações do Governo Estadual e dos municípios para que ambos caminhem na mesma direção. Se bem que em Vila Pavão, a realidade é um pouco diferente dos municípios da Grande Vitória, pois, muitos pais trabalham fora e os filhos (estudantes), precisam do apoio oferecido pelas escolas como guarda, alimentação e outros serviços. Naturalmente que as escolas da sede do município permenecrão abertas até o fim de semana, porém, o transporte escolar deixa de circular nesta terça feira (17)”, disse.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes), as cidades que já confirmaram a suspensão das atividades nas escolas da rede municipal são: Linhares, Pancas, São Mateus, Serra, Cariacica, Castelo, Itapemirim, Viana, Vitória, Presidente Kennedy, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Jerônimo Monteiro, Santa Leopoldina, Barra de São Francisco, Montanha, Nova Venécia, Vila Pavão, Vila Velha, Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante e Aracruz.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

43.3%
24.6%
32.2%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...