24/05/2019 às 15h46min - Atualizada em 24/05/2019 às 15h46min

Polícia busca informação para desvendar morte de adolescente em Colatina

Notícia é a mesma que provocou o linchamento de dois homens, um deles morreu espancado

- Nilo Tardin
Brenda Feitosa, 15 anos.Foto> Instagran
- Um crime carregado de ódio, assim definiu o delegado Deverly Pereira sobre o assassinato da adolescente Brenda Marques Feitosa, 15 anos ocorrido na última segunda, 20 no Bairro Soella II em Colatina, noroeste capixaba.

Brenda estava desaparecida desde sexta-feira, 17. Ela foi encontrada com um corte profundo na garganta numa cova rasa de uma pastaria vizinha ao conjunto habitacional.

Dois homens foram linchados por moradores da região apontados como suspeito de executar a menina. O cunhado da vítima Arisson Moreira Maia, 25 anos escapou devido à intervenção da Polícia Militar. Ele negou a participação no crime.

A notícia de que a dupla teria executado e enterrado a menina levou os moradores a fazer justiça com as próprias mãos. Rangel de Souza Kuhl, o Sapão de 30 anos foi espancado até morte por um grupo de 40 pessoas.

“Está mais fácil elucidar os responsáveis pelo linchamento do que a morte da Brenda. Temos vídeos que identificam os agressores. Até agora não temos indícios de ligação dos dois ao crime. Ouvimos várias vezes os familiares da garota. O quarto da casa onde a adolescente vivia foi periciado com luminol – composto que revela marcas de sangue e outras partículas -, nada foi encontrado”, relatou Deverly.


Na autopsia, afirma Deverly um ferimento  na região da vagina da jovem foi detectado pelo legista. “É o indício de quem desferiu os golpes estava com muita raiva, mas ainda não dá pra saber se houve violência sexual devido a decomposição”, afirmou.

Nos últimos 18 meses, seis assassinatos foram cometidos no conjunto popular Nilson Soella I, II e III. Um deles em 2017 também cometido por linchamento em um caso de estupro, segundo a polícia civil. Deverly afirma que as pessoas que participaram do linchamento serão indiciadas por homicídio qualificado.

A 'lei do silêncio' impera na região. Ninguém foi preso até agora. 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

45.7%
23.9%
30.3%