13/06/2019 às 14h14min - Atualizada em 13/06/2019 às 14h14min

Van do SEST SENAT divulga cursos e serviços de saúde

- Viviane Carneiro/Sest Senat
Equipe da Van do SEST SENAT em empresa de transporte Foto>Célio Andrade
O Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte , SEST SENAT, através de uma Van adaptada com sistema de TV e uma equipe especializada, realiza um trabalho de divulgação dos cursos e serviços de saúde disponibilizados na unidade.

“O objetivo do SEST SENAT é ir ao encontro do trabalhador do transporte e da comunidade para ampliar o número de pessoas atendidas em todas as áreas da unidade: cursos, saúde e esporte e lazer”, afirmou o coordenador do SEST, Daniel Bada.

No SEST SENAT Colatina a comunidade pode fazer tratamento com dentista, fisioterapeuta, psicóloga e nutricionista. Os valores cobrados na unidade são acessíveis à população, para o setor de transporte o serviço é totalmente gratuito.

O SEST SENAT é especializado em cursos para o setor do transporte, como Movimentação de Produtos Perigosos (MOPP), Cargas Indivisíveis, Transporte Coletivo, Transporte Escolar, além de cursos na área de administração e educação. Eles ajudam na qualificação e aumentam as chances de empregabilidade.

No setor de Esporte e Lazer são oferecidas aulas de hidroginástica, natação adulto e infantil, pilates, escolinha de futebol e treinamento funcional.

A Van percorre empresas do setor de transporte e outros locais de grande concentração de pessoas, postos de combustíveis, praças, terminais rodoviários de passageiros e pontos de táxi. Em dois meses de trabalho, a equipe da Van já realizou mais de 3.000 atendimentos em Colatina e região. Além de divulgar os serviços, é distribuído um brinde ao participante.

A equipe da van conta com três pessoas: o Motorista Solimar Gimenez, uma Técnica de Campanhas e Eventos Viviane Carneiro e um Assistente de Campanhas e Eventos Leonardo Borgo. O trabalho da Van é orientar e levar informação sobre a importância dos atendimentos oferecidos na unidade, além de realizar campanhas de prevenção de acidentes. 
 
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

45.7%
23.9%
30.3%