08/02/2019 às 18h29min - Atualizada em 08/02/2019 às 18h29min

Prefeitura fecha estacionamento do Iate Clube

Em ruínas, o Iate é alvo de briga judicial pela posse do imóvel. A prefeitura luta para preservar, os sócios querem vender o terreno e dividir o dinheiro

- Nilo Tardin
Nilo Tardin - 8/2/2019
A prefeitura fechou o estacionamento no pátio da estrutura abandonada do Iate Clube no centro de Colatina, noroeste  capixaba.

A área tinha sido ocupada na  última terça, 5 por uma empresa de embalagens em acordo com os associados visando manter o terreno limpo. O clube criado em 1959 num terreno doado pelo município está sub-júdice. A queda de braço entre os 121 sócios que demoliram parte do imóvel para vender a valorizado lote – e a prefeitura corre na Justiça.

O prefeito de Colatina Sérgio Meneguelli confirmou por volta das 17h de hoje que o local foi embargado  pela fiscalização em nome da ‘preservação do bem tombado pelo município’
.
“É um dever do prefeito. Uma lei torna patrimônio histórico o conjunto formado pelo prédio da esquina, a Câmara, o colégio Aristides Freire e o Iate Clube. Ganhamos em primeira instância, recorreram e venceram no Tribunal de Justiça que deu a propriedade a eles, na condição que continue ser Iate Clube. Um recurso foi impetrado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STJ). O Iate deve R$ 100 mil de IPTU”, disse Serginho.

Fontes dos associados garante que vão entrar com pedido de liminar a fim de reverter a situação
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%