03/05/2022 às 10h52min - Atualizada em 03/05/2022 às 10h52min

​Festa mais longeva de Colatina, o Cafona completa 34 anos de cara nova

- Nilo Tardin / Laili Campostrini Tardin
DDC News
Bambam Negreli, Anakin, Melissa e Mirela Negreli celebram a retomada da Festa do Cafona ao som do RPM e Tribute Queem. Fotos: Nilo Tardin

 
O espírito continua o mesmo. Após 34 anos de ser criada por Bambam Negreli, 52 anos no quintal de casa a Festa do Cafona desta vez traz à tona o brilho dos Anos 80, tido como a Era de Ouro da Arte, Cultura e da Música brasileira.

No palco do baile de figurinos extravagantes, a balada fica por conta da Banda RPM  e Queem Cover.  A carta na manga dos sucessos brega-chique é da nossa inimitável Banda Eclipse.  O DJ  Rogério mata saudades nas picups, da época super dançante das discotecas.  Sucesso nos Anos 1985, a RPM estourou na praça com “Revoluções Por Minuto”, “Olhar 43” “London London”, “Vida Real” e “A Cruz e a Espada”. 

A Festa do Cafona 2022 acontece no próximo sábado, 7 a partir das 21 h na Arena North Star, em Barbados, Colatina, noroeste do Espírito Santo.

Os ingressos podem ser adquiridos com antecedência. A inteira a custa R$100,00 e meia R$ 50,00 no site: https://lebillet.com.br/event/539/festa-do-cafona-07-maio-Colatina-ES

De volta a vida dois anos depois devido a pandemia do coronavírus que nos isolou do mundo, a Festa do Cafona atraiu para cá as estrelas da constelação brega nacional. Perla, Gretchen, Sidney Magal,  Odair José, Reginaldo Rossi e Falcão deixaram marcas profundas nos primeiros anos da festa nos Clubes da Vale e Itajuby.

“Os espaços ficaram pequenos. A transformação foi monumental”, conta Délio Casteluber, do Studio Young que organizava os bailes na gigantesca Cidade do Cafona, Praça do Sol Poente, centro do município.

Na sua fase internacional, a Banda Double You veio duas vezes
 celebrar o êxito  na festança de gente vestida com o melhor do mau gosto.

O evento chegava atrair 10 mil pessoas de todo País nos dois dias de folia. "Uma explosão de cores e gente linda"  conforme comparou o cantor Silvinho Blau Blau em dos shows históricos do Baile do Cafona.

As Paquitas, Dominó, Polegar, Trem da Alegria, Doutor Silvana, Kid Vinil, Blau Blau, Banda Jet Set, Blitz, Richtie e Wanderléia, Jerry Adriani e Banda Eclipse fizeram a cabeça da rapaziada.

Os desfiles nas ruas da cidade era um espetáculo a parte, recorda Walacy Negreli, o Bambam criador da Festa do Cafona. Na verdade, essa é a 29ª edição do famoso baile
 , uma vez que ficou dois anos sem ser realizado devido a pandemia e ainda outros dois anos no passado. Voltou à cena em 2019. Retorna de cara nova com o melhor do roquenrol em 2022.
 
“A iniciativa do desfile em carros abertos era do próprio povo. Saiam de trator, cavalos, charretes enfeitadas, carros antigos, bicicletas horas antes da festa. O rigor da lei proibiu a manifestação em cima das carrocerias e a festa foi ficando menor a cada dia.  A Léo Produções retornou à Festa do Cafona com o Biquini Cavadão em 2019 na Arena North Star.  Neste ano, esperamos cerca de 2 mil pessoas com a Banda RPM, Queem Tribute, Banda Eclipse e DJ Rogério”, disse Bambam.

Segundo Bambam, os primeiros a chegar na portaria serão recepcionados com ‘pão com salame e ki suco de groselha’ visando manter a tradição do festejo colatinense, além do inconfundível Hino Cafona "Sorria Meu Bem Sorria' de Evaldo Braga. 

Se a turma ia até de charrete as festas do cafona, agora  Bambam circula na cidade de Fiat Cafona. Uma divertida sessão de fotos na histórica ponte de ferro da Avenida Rio Doce, contou com a figuração de Bambam, o filho Anakin a esposa Mireli Negreli e sobrinha Melissa.
 
Destaque

O eterno Rei Cafona, o professor Marcos Sávio este ano não deverá participar da Festa do Cafona 2022 devido à saúde.

Marcos Chaleira como é conhecido ganhava todas as competições do Reinado Cafona devido aos trajes elegantes, mas fora de moda.

Era imbatível para conquistar ano a ano o Troféu Pinguim de Geladeira. Chaleira traduz de carteirada, a clara concepção do que é o inconfundível estilo Cafona. “O Cafona não é um baile a fantasia. O que era chique para nossos avós e tias é autêntico na Festa do Cafona, como vestidinho tubinho, de alça com bolinhas, calças boca de sino e sapato cavalo de aço”, enumerou.

 “Até que tivemos a ideia de chamar o Marcos para organizar o concurso de Rei, Rainha, Príncipe e Princesa Cafonas. Senão ia continuar a ganhar todas. Organizou a competição durante anos.  Sem ganhar nada em troca. Gratidão”, afirmou o Délio Casteluber.
 
Saiba Mais
 
A Câmara Municipal de  Colatina decretou o segundo domingo de maio de cada ano como o “Dia do Cafona’, de autoria do ex-vereador Hélio Leal.

Serviço

Roupas & Acessórios Festa do Cafona 2022
Te Encontro Lá Baby
Alugue seu Look na ACDV – Associação Colatinense de Portadores de Deficiência Visual.
Rua Guacuí – Nº 110 – Bairro Maria Ismênia – Colatina – ES.
Telefones – (27) 99705-0858 / 99919-0210 / 3721-8190
Socorro Reinoso
 
 
 
 
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

47.2%
23.1%
29.7%