11/07/2018 às 14h56min - Atualizada em 11/07/2018 às 14h56min

Rua do Lazer livre a fiação em Santa Teresa

Santa Teresa é reconhecida como primeira cidade fundada por imigrantes italianos do país

Nilo Tardin
Aquele emaranhado de fios elétricos sobre as fachadas do majestoso casario da imigração está com os dias contados na Rua do Lazer, centro de Santa Teresa na região serrana capixaba.
 
Além de esconder e organizar a rede de distribuição debaixo da terra, a tubulação irá proteger os cabos de telefonia, televisão e internet da charmosa rua fechada à circulação de veículos nos finais de semana e dias festivos.
 
O convênio de R$ 1,7 milhão de recursos estaduais já foi assinado com a EDP Escelsa, informa o prefeito de Santa Teresa Gilson Amaro.  Santa Teresa é reconhecida por lei como o primeiro município criado por imigrantes italianos no Brasil. A beleza dos sobrados e casarões será bastante realçada sem o embaraço da fiação,  diz o prefeito de Santa Teresa Gilson Amaro. 
 
“É verdade. O projeto de revitalização do espaço prevê a retirada dos postes para deixar a rua do lazer livre da poluição visual. Será  primeira cidade histórica Estado a ter este tipo de intervenção urbana”, disse Gilson Amaro.
 
A secretária de Planejamento de Santa Teresa Samira Valadares Sperandio explica que a rede elétrica subterrânea ocupará  cerca de 350 metros da Rua Coronel Bonfim Júnior, a Rua do Lazer.  “O pavimento será todo removido. O prefeito optou em manter o calçamento de paralelepípedo original. Luminárias de época serão instaladas”, detalhou Samira.  
 
Já engenheiro civil da prefeitura Pedro Jayme Lani Júnior revela que o desligamento da rede aérea só pode ser feito assim que o último consumidor tiver sua ligação feita ao novo sistema subterrâneo. “O serviço de reurbanização tem que ser feito como muita parcimônia devido a escavações. As calçadas vão ficar num plano só. Se tudo correr bem, em outubro as obras podem ser iniciadas”, estimou.  
 
A comerciante Rosângela Conti Pretti acredita que a iniciativa deve dar vida nova a Rua do Lazer sem a rede elétrica aparente. “Creio que vai ficar bonito. É uma boa coisa sim. Resta saber se vai ser concluída, ainda não saiu do papel”, frisou.  
 
Ao menos 25 estabelecimentos funcionam na Rua do Lazer, 14 deles são bares, restaurantes, cafeteria, pub e lanchonetes. Na alta temporada de inverno e de eventos musicais e folclóricos ao menos 3 mil pessoas circulam por ali diariamente, estima a prefeitura de Santa Teresa. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%