07/06/2019 às 14h04min - Atualizada em 07/06/2019 às 14h04min

Serguei morre aos 85 anos

Roqueiro brasileiro mais velho que o rock Músico carioca foi um dos primeiros, talvez o primeiro, hippie brasileiro

- Agência Nacional
Ilustração
O cantor Serguei morreu na manhã desta sexta-feira7), aos 85 anos. Ele estava internado desde o início de maio no Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

A causa da morte ainda não foi divulgada. O artista apresentava um quadro de pneumonia, anemia e infecção quando foi hospitalizado.
Sérgio Augusto Bustamante era filho de um executivo da IBM, Domingos, e da dona de casa Heloísa.
 
 Aos 12 anos, foi morar com a avó materna, Lia Anderson, em Long Island, Nova York, onde participou de festivais estudantis. Chegou a trabalhar em bancos e como comissário de bordo, mas foi demitido nas duas ocasiões.

Foi nos Estados Unidos que começou sua carreira musical, em 1966. Três anos depois, esteve no famoso Festival de Woodstock e ficou conhecido ao afirmar ter tido um caso a cantora Janis Joplin.

Quando voltou ao Brasil, em 1972, adotou Saquarema, no Rio de Janeiro, como seu lar. Lá, transformou sua casa em uma espécie de museu do rock.
Com visual e atitude típicas de um roqueiro clássico,

Serguei apostava em roupas rasgadas, cabelo bagunçado e maquiagem e era conhecido por suas versões de clássicos do gênero musical, como no vídeo abaixo.

Na rede social, assim se expressou o guitarista e roqueiro colatinense Fábio Mattos: "Foi uma grande perda a morte da maravilhosa pessoa e do grande cantor de rock'n roll Serguei, bastante conhecido e pouco valorizado no cenário da música Brasileira, fiquei muito triste. meus nobres sentimentos ao seu primo e meu amigo Nenis Bustamante, grande baterista ".
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

46.4%
23.4%
30.2%