20/08/2019 às 13h06min - Atualizada em 20/08/2019 às 13h06min

Marujo do Rio Doce presenteia prefeito com quadro do Vapor Juparanã

- Carlos Pinto
Prefeito Sérgio Meneguelli e José Dias, o marujo audaz do Rio Doce
O Prefeito de Colatina Sérgio Meneguelli, recebeu na manhã desta terça-feira, 20 na saguão da prefeitura, o último  tripulante do vaporzinho Juparanã no aniversário dos 98 anos de emancipação de política, senhor Jose dias 93 anos de idade, o marujo audaz do Rio Doce. 

Do vapor Juparanã que fazia a linha Colatina-Linhares e vice-versa foi abandonado nos anos 1950, em um barranco às margens do rio Doce, em Colatina-Velha. Era uma atração para pescadores e nadadores que gostavam de ficar sobre o convés ou do teto da cabine de comando. Nos anos 1970, com as obras de ampliação do aterro do rio Doce, o vapor desapareceu 

Segundo registros de historiadores, a navegação do rio Doce foi iniciada em 1832, com os vapores, embarcações diversas, entre elas o Tupi, o Tamoio e Juparanã. O Tupi e Tamoio pararam de circular nos anos 1930, pois de acordo com informações, em 1927, foi adquirido e inaugurado pelo governador Florentino Ávidos, o mais famoso desses barcos, o Juparanã, que deslizou pelo rio Doce, até o início dos anos 1950.

O vapor viajava diariamente, de ida e volta entre Colatina e Linhares. Ele parava ao lado dos barrancos onde havia uma bandeira branca, sinal certo que indicava a presença de passageiros ou cargas. Outras vezes parava para se abastecer de lenha que alimentava a caldeira. O Juparanã tinha dois andares: na parte de cima havia camarotes pequenos, mas confortáveis, um bar repleto de bebidas e serviam boas refeições.

O vapor Juparanã era comandado pelo russo Pedro Epichin (1890-1968). Ele era engenheiro naval, e foi nas oficinas da Vitória-Minas, em João Neiva, que ele foi descoberto pelo Governo de Florentino Ávidos, que lhe entregou a missão de montar as peças e erguer o maquinário de aço do vapor, importados dos estaleiros alemães. Pedro Epichim casou e criou a família em Colatina, por Carlos Pinto
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Quais são os piores motoristas de Colatina

42.1%
25.0%
32.9%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...